1. O Pedreiro


    Encontro: 05/03/2020, Categorias: Anal Madura Primeira Vez / Adolescentes Autor: marcela220, Fonte: xHamster

    Olá, me chamo Marcela, sou bem jovem, tenho cabelos lisos e compridos, pele clara, macia e bem lisinha, olhos claros, sou magra, mas não muito, tenho coxas grossas, bumbum grande e arrebitado, seios médios claros e bem macios.
    
    Moro em uma cidade do interior de São Paulo. O que vou contar aqui é um relato, ou seja, realmente aconteceu comigo. Espero que gostem e fiquem com tesão do mesmo jeito que estou ao contar isso pra vocês.
    
    Moro com meus pais e costumamos viajar todo início de ano. Porém, como tive que recuperar uma matéria no colégio, não pude viajar com meus pais quando isso aconteceu. Fiquei em casa estudando e me divertindo da maneira que pude.
    
    No dia que meus pais viajaram fiquei em casa descansando. Eles haviam saído de mad**gada. Acordei com eles e voltei a dormir, pois eu estava em um sono gostoso. Quando tocou a campainha de casa, coloquei um roupão, pois costumo dormir com um shortinho muito curto e uma blusinha transparente.
    
    Ao abrir o portão me deparei com minha vizinha que estava saindo para o trabalho. Ela me cumprimentou e perguntou se meus pais estavam. Falei que não, que eles tinham viajado e só voltariam na segunda. Ela ficou meio preocupada, e disse que precisava de um favor deles
    
    Ela já estava indo embora quando perguntei se eu poderia ajudar. Ela disse que havia contratado um pedreiro para fazer um serviço no muro do quintal dela e se havia algum problema ele ter que entrar no nosso quintal de vez em quando e arrumar o nosso lado ...
    ... também.
    
    Falei para ela que não havia problemas, para ela ficar tranquila que ele poderia trabalhar ali sim. Nos despedimos e voltei para a cama para tirar outro cochilo.
    
    Passado algum tempo acordei com um barulho no quintal que não me deixava dormir. Coloquei o roupão e fui até a janela da cozinha. Quando vi era o pedreiro que estava mexendo no muro. Ele me viu e pediu desculpas. Falei que estava tudo bem e fiquei ali, olhando ele trabalhando.
    
    .Ele era um homem de uns 50 anos mais ou menos, estatura média, um pouco mais baixo que eu, bem gordo, de pele clara. Era tão gordo que através da camisa dele dava para ver sua barriga quase que estourando os botões de tão grande.
    
    Percebi que ele me encarou nos olhos e tentou direcionar o olhar para meu corpo, porém como eu estava de roupão ele não viu nada.
    
    Tomei meu banho e coloquei um shortinho pequeno, pois gosto de usar roupas curtas quando estou sozinha.
    
    Coloquei um shortinho branco de bichinhos, bem curto e apertado, daqueles que o bumbum quase sai todo pra fora, uma calcinha pequena e branquinha, e um topzinho rosa sem sutiã. Liguei o som do quarto da minha mãe e, como sempre, subi em cima da cama dela e comecei a dançar.
    
    Quando dei por mim, olhei para o reflexo do espelho do quarto da minha mãe e vi o pedreiro, que havia ido no banheiro dos fundos, me olhando pela janela. Fiquei assustada, desci da cama e sai do quarto, quase correndo.
    
    Fui para o meu quarto com o coração batendo acelerado, meio com vergonha e ...
«1234»