1. Dei no Rio de Janeiro


    Encontro: 13/02/2020, Categorias: Gay / Homossexual Autor: passivogayrecife, Fonte: ContoErotico

    Olá amigos, estava com saudades. Então vamos lá, como todos sabem me chamo kaka, sou de Recife, mas estou morando agora na cidade maravilhosa. Sem mas delongas vamos ao conto. Quando cheguei no Rio, fui morar com minha tia, isso faz oito meses, durante este tempo, dei algumas vezes, pro entregado de água e gás, que por sinal amou meu rabo, certo dia, minha tia mandou sem me avisar ele entregar uma água, eu estava naquele dias, sem sexo, e estava vendo X-vídeos, daí bate no portão um negro, forte com uma barriga de chopp, que amo homem de Barriguinha, nisso ele disse que minha tia tinha mandado ele deixar a água, mandei entrar ele deixou a água na sala, aí pedi a ele pra deixar na cozinha, ele foi e deixou, nessa hora vi que o miserável estava de cueca branca, fiquei louco, aí comecei a puxar, papo com ele, até chegar no assunto sexo, ele de cara perguntou se eu era gay, falei que sim, que gostava de fazer os macho feliz, ele riu, fiz várias perguntas a ele, tipo se ele já pegou muito mulher, quando entregava água, ele disse que várias, e pra minha surpresa, também alguns gays, daí meu amor foi um prato cheio, fui em cima do short dele com tudo, fiquei fazendo bolinho, até ficar duro, não resistir, abri a bermuda dele e fiquei lambendo seu pau, pela cueca, ele só gemia, e me chamava de puta, lambi tanto, ...
    ... que a a cueca dele ficou todo molhada com minha saliva, depois comei a a chupar só a cabeça pela saída do lado da cueca, que cheiro de gostoso ele tinha, sabe cheiro de macho trabalhador, chupe muito, até ele dizer que não tava aguentando mas é iria gozar, aí não deu outra ele gozou muita porra na minha, boca, deixei o pau dele, limpinho, mas o bicho não ficou mole, foi que disse a ele vou baixar esse pau agora, levei ele pro quarto, tirei meu short e mostrei a ele meu rabo, não demorou e safado cai de boca, chupou tanto meu rabo que fiquei com dores, até ele me pedir uma camisinha, coloquei no pau dele, fiquei de quatro aí ele meteu, com tudo, fui no céu e voltei, mas viado que viado, tem que aguentar sem frescura, daí a dor foi se tornando prazer, o cara meteu muito no meu cu, que sangrou, quando ele disse que iria gozar novamente, me ajuelhei e tomei todo o leite, depois ele foi pro banheiro, foi aí que pedi pra ele fazer xixi em mim, ele michou muito. Tomou banho e foi embora. Se vc for do Rio de Janeiro, de Caxias baixada e quiser fuder um cuzinho liso e gostoso manda contato com foto por favor.adoro homens barrigudinho, que meta com vontade, sou homem discreto mas entre quatro paredes sou uma puta. Não tenho local então se vc tiver e melhor, vc de Caxias pode vir que eu estou com o cu pegando fogo. 
«1»