1. Todo viado é igual...adora ser tocado e se derrete ao macho.


    Encontro: 18/09/2019, Categorias: Gay / Homossexual Autor: coqueiro, Fonte: ContoErotico

    Quando tinha meus 19 anos prestes a entrar em uma faculdade tinha uma vida bem gostosa,amigos,ia as festas e se preocupava em aproveitar a vida.Tinha um corpo delineado pois praticava esporte,meus 1.80,pernas roliças,e uma bunda lisa,linda e algumas vezes elogiada por amigos e amigas.
    
    Certo dia estava em um barzinho na saída do cursinho com vários amigos e colega e a conversa de uma hora para outra se voltou para o assunto que na época era tabu,mas um colega falava que todo viado era igual,e outro perguntou porque ele achava isto,e ele foi falando que tinha uma certa experiencia e na verdade gostava de iniciar viados,o pessoal caiu na risada,mas ele continuou falando que no meio de nós tem viado em potencial,e só depende de ser envolvido e as coisas tomam rumos diferentes,na hora foi perguntado como ,e ele disse as vezes acontece do nada,uma brincadeira de troca troca,que na verdade se torna troca,um toque ousado na bunda de um garoto e as coisas toma rumos diferentes e na verdade todos são iguais,começa de maneira diferente mas cedem facil ao assedio de um macho inteligente e cuidadoso que aos poucos domina a situação e nasce um viado todo submisso as vontades e desejo,e entendam é muito mais fácil e melhor um cu de viado do que das nossas colegas,amigas que sempre fazem cu doce,concordam....
    
    Neste momento houve um silencio e ele rindo muito bom refletir as suas vidas e olhar para dentro,pois pode existir um viado enrustido sofrendo e doido para encontrar um macho.que  o inicie na arte de dar o cu..
    
    O assunto morreu,mas muitas pessoas do momento ficaram encucadas e inclusive comecei a ver o meu caso e a noite deitado nu ,me vi alisando meu pinto,a minha bunda e veio a minha mente que gostava de receber elogios da minha bunda.
    
    No outro dia fui a aula do cursinho e na saída deparei com um colega que varias vezes tinha ficado admirado com seu jeito de ser,um corpo gostoso,e certo dia o encontrei no banheiro e ele passou por mim e passou a mão na minha bunda,e foi dizendo tens uma bunda linda,e ele me vendo foi se achegando e foi falando e perguntou se estava cuidando da minha bunda e sorrindo disse vamos ao banheiro que quero conferir,e me vi indo a sua frente e ao entrar ele me direcionou a uma cabine e fechou a porta,e me colocou de costas e pediu abaixe a bermuda e sem pensar obedeci e fiquei com minha bunda sendo analisada,e logo acariciada por ele,e senti um movimento e era seu pinto tirado e deslisando no meu rego,que sensação nova mas gostosa,me senti sem ação,e ele me fez ficar curvado e senti seu pinto a porta do meu cu e todo entregue e ele disse baixinho sabia que você tinha tudo para ser um viado,e ergueu minha bermuda e ao sairmos do banheiro disse quero te ver amanha na saída do cursinho aonde vou comer este cu virgem,e foi se afastando e me deixou sozinho com meus pensamentos mas sabia que ele tinha me descoberto e visto em mim um passivo obediente doido para ser descoberto.
    
    A noite na minha solidão os pensamentos eram ...
«12»