1. Me Dei de Presente Para o Meu Pai.


    Encontro: 10/09/2019, Categorias: incesto;Traição / Corno;mamada, Autor: vitoria di madrid, Fonte: CasadosContos

    descendo... Ele segurou minha mão e nos abraçamos. Era um abraço forte, gostoso... me pendurei no pescoço dele e disse: “Pai, o senhor tá tão gostoso...” Naquele momento fui beijando o pescoço dele, e depois fui beijando o peito. Como ele nada fez para me impedir, tratei de chupar bem no mamilo dele que logo ficou durinho na minha boca. Eu olhei pra ele e confessei: “Estou um pouco nervosa... sente só meu coração...”
    
    Botei a mão dele por debaixo da minha blusa e ele segurou meu peito macio. Observei que ele já estava de pica dura pois ele usava aquele short tipo de praia, colorido e de tecido fino. O volume estava bem grande e ele não se preocupou em esconder. Ele estava a fim. Ele não tinha me esquecido. Vendo que o clima estava favorável, me agarrei com ele novamente e dessa vez fui mais longe. Dei-lhe um demorado beijo de língua. Sabe aqueles beijos molhados? Pois foi exatamente desses. Eu estava com essa vontade havia meses. Ele correspondeu ao beijo com a mesma ânsia que eu. E suas mãos amassa-vam meu corpo... minha bundinha... e eu sentia a pica dura cutucando minha bucetinha e eu remexia os quadris durante o beijo como se estivesse dançando. Estávamos loucos de tesão. Então eu perguntei num sussurro: “O senhor me quer?” Ele ainda vacilou: “Não sei, Vic... é melhor a gente parar eu...” Tapei a boca dele com a mão. “Me leva pro seu quarto. O senhor está louco para me foder. Eu sou mulher, sou gostosa. Estamos só nós dois.”- Nesse momento eu segurei na pica dele por  cima do short e fiquei apertando com força.- “Vamos matar nossa vontade. Eu sou toda sua e o senhor é todo meu. Eu trouxe o presente. Mas eu quero usar ele primeiro com o senhor. Depois o senhor pode usar ele com quem quiser.”
    
    A resposta dele veio em forma de mais um beijo de língua molhado e demorado. O tipo de beijo que eu gosto. Principalmente com meu pai. Como nunca acontecera antes, ele me pegou nos braços e me carregou como faz um recém-casado levando a mulher para o quarto. Lá chegando ele me jogou na cama de casal e caiu sobre mim com beijos e abraços e amassos. Então eu me virei pra ficar em cima dele e rapidamente fui tirando o short dele juntamente com a cueca. Uau! A pica estava lindamente dura. Em pé! Peguei a sacola com o presente dele. Eu mesma abri o perfume espirrei em cada uma das minhas mãos e comecei a acariciar o corpo musculoso dele deixando cada centímetro com o cheiro da-quele perfume gostoso que ele adorava. A pica dele estava bem depilada. Tudo lisinho. Peguei o pote do creme que trouxera junto com o perfume, peguei um pouco e fui espalhando pelo corpo dele. Nun-ca tinha visto-o antes assim tão gostoso. Ele também estava muito diferente. Tratou de tirar minha blu-sa. Vi o quanto ele olhou com volúpia para os meus peitinhos. Daí ele tirou minha saia e aos pouquinhos foi tirando minha calcinha. Agora não falávamos nada um para o outro. Há horas em que palavras atrapa-lham. Estávamos apenas, digamos, nervosos pelo tesão que tomava conta dos nossos ...
«1234...7»