1. Uma garota sabe dar atenção pra sua buceta.


    Encontro: 10/09/2019, Categorias: siririca., Dildo, Exibicionismo Heterossexual Autor: Emma.66, Fonte: CasadosContos

    Olá Olá. Estou de volta. No último conto relatei o início das minhas pequenas aventuras. Como foi ver e pegar um pau pela primeira vez, e como foi sentir uma mão na minha bucetinha. Mas admito que não teve muita graça, na época era muito inocente, mas isso foi evoluindo com o tempo, só que não dá forma que eu queria. Logo que passei a ficar com um ou outro menino meus pais descobriram e depois disso já viu, passaram a controlar tudo. E nessa mesma época a Bia também me deixou, se mudando para o Rio, mas não sem antes de deixar um presentinho que foi meu divertimento. Um dildo preto de borracha, que tinha uns 7 a 8 centímetros de altura e 3,5 de largura mais ou menos.
    
    Na falta de um pau de verdade ele era minha diversão e como meus pais controlaram minha vida até a época da faculdade, posso dizer que me diverti muito com meu pequeno brinquedo, e é isso que vim contar aqui. Como uma garota gosta de brincar.
    
    Logo que ganhei o pau de borracha fiquei meio sei lá, mas nessa época tinha me tornado uma grande fã de porno, e sentia muita inveja de quando via os caras metendo o pau dentro das bucetas das mulheres, e como 1 + 1 são dois, não demorei muito a sentar no pinto de borracha.
    
    Eu amava assistir aqueles vídeos com close nas Picas rasgando as mulheres ao meio. Homens abrindo as pernas das mulheres, pincelando o pau duro na buceta delas, e depois socando lá dentro com força, também comecei a pegar gosto por vídeos de masturbacao. Os vídeos de punhetas mostrando os homens  ficando com pau enorme de duro, os vídeos que as mulheres abriam as pernas e metiam os dildos dentro delas, ou sentava neles, e ainda mais os de exibição, aparecia caras babando quando conseguiam ver algumas bucetinhas. E como tudo isso eu ficava cheia de tesao, minha buceta ficava pingando, toda molhadinha. Eu não conseguia resistir, tirava toda a roupa, e de frente pro espelho esfregava o grelinho com força até gozar, deixando ele dolorido e minha buceta piscando.
    
    Custou um pouco até meter o meu dildo na buceta pela primeira vez, mas depois não consegui mais parar. No início foi um pouco dolorido, e custei a conseguir meter ele todo, mas depois acostumei.
    
    Quando começava a ver porno, assim que ficava molhadinha, colocava ele todo dentro de mim, e assistia até o fim com ele todo socado lá dentro, só depois tirava toda a roupa, deitava, abria bem as pernas e ficava socando ele na buceta e esfregando o grelo ao menos tempo até gozar.
    
    Também tinhas dias que colocava vídeos de homens metedendo dentro das mulheres e começava a meter o dildo dentro de mim na mesma velocidade. Também teve dias que me masturbava tanto que dormia com o dildo todo enfiado dentro de mim. Gostava de dormir só de shortinho sem calcinha, então depois de gozar, deixava o brinquedo dentro da buceta, e pegava no sono com ele lá dentro, acordava de manhã com a bucetinha toda vermelha e dolorida, mas feliz. Era tão gostoso sentir ela cheia, toda abertinha, e depois ter que ficar molhadinha de novo pro ...
«12»