1. Minha Enteada, Meu Desejo Mais Secreto!!!


    Encontro: 10/09/2019, Categorias: Fantasias Autor: tudoolho, Fonte: ContoErotico

    Jamais imaginei passar por essa situação. Mas, na vida, não sabemos o amanhã. Depois de me separar, passei por vários relacionamentos. Até que comecei a me relacionar com uma mulher que havia perdido o marido e lhe deixou dois filhos, um casal.
    
    No início, achava que aquela história seria apenas mais uma, logo me separaria, mas foi prolongando e resolvemos morar juntos. Eu e minha enteada, sempre tivemos uma ótima relação, a feminilidade começou a se mostrar, os peitinhos durinhos, a boca carnuda e pior, Ela parecia mais exibida, passou a fazer coisas que nunca havia feito. Passar de calcinha e sutiã perto de mim, enrolada na toalha. Eu sempre procurei resistir, mas confesso que olhava disfarçadamente.
    
    Durante uma noite, ele disse que estava se sentindo mal, com tontura e desmaios, minha esposa havia trabalhado o dia inteiro e estava muito cansada. Como por várias vezes a menina mentia, Ela falou que Eu que ficaria acordado com ela. Então, minha esposa, tomou um remédio pra dormir e apagou. Lá para às duas da manhã, minha enteada bate na porta do meu quarto nos chamando, levantei e fui ver o que Ela queria. Juro tentei, mas não consegui evitar olhar o Baby Dool que ela usava, o peitinho durinho apontando pra mim e o shortinho deixando transparecer a silhueta de sua bucetinha.
    
    Então ela me falou, "Tio, não estou conseguindo dormir, estou tonta, fica no meu quarto até Eu dormi". Fui com Ela para o quarto e sentei-me na cama, estava um calor danado. Ela se deitou e  colocou a cabeça em meu colo. Fiquei ali acariciando a cabeça dela e esperando que dormisse. Comportado, sem nada fazer. Mas de repente, Ela começou a se mexer, descobriu-se inteiramente e as pernas, cada uma para um lado, mostrava toda bucetinha, por debaixo daquele shortinho. Me contive o máximo, mas meu pau começou a ficar duro. Ela com a cabeça sobre meu colo, acho que percebeu, e mexia com a cabeça sobre meu pau.
    
    Resolvi ir embora e me levantei, sai do quarto devagar e fechei a porta. Quando fui entrar no meu quarto, a ouvi me chamar. "Tio, vem cá, por favor", voltei e disse a Ela, dorme logo. Ela me respondeu dizendo que ia dormir, mas queria que Eu ficasse ali.
    
    Sentei-me, dessa vez, nós pés da cama. Mas Ela logo, jogou a perna para um lado e para o outro. Fiquei de frente para sua buceta, respirei fundo e só olhava... Aquela boquinha carnuda, o bico do peitinho delicioso e a bucetinha linda, meu pau ia rasgando meu short. Quando percebi, minha mão estava sobre sua perna, aos poucos eu acariciava e apertava.
    
    Então pensei... vai ser só uma passadinha de mão na buceta dela e saio, só isso. Lá foi minha mão, a xaninha molhadinha, quentinha... Enfiei meu dedo por debaixo do short e fiquei alisando, até que Ela se abriu ainda mais, pensei então... só um beijinho, nada mais, um beijinho... Me aproximei e dei... um beijinho, só um beijinho e em seguida, uma lambidinha, de leve, mas lambi, mais outra lambidinha...
    
    Percebia que Ela se ajustava a minha boca... Quando vi, ...
«12»