1. Dominado pela prima mais velha e lésbica


    Encontro: 14/08/2019, Categorias: pés, Fetiches Orgasmo, Sexo, Oral BDSM Incesto Prima, Heterossexual Autor: OlhosAzuis, Fonte: CasadosContos

    Para saberem como sou, leiam os contos anteriores.
    
    Tenho uma prima que é 4 anos mais velha do que eu, ela tem uns 25 anos e é lésbica.
    
    Fui a sua casa em São Paulo e no primeiro dia fiquei louco com ela, toda gostosa com corpinho estilo funkeira mas meio comportada.
    
    Fui dormir na casa da minha tia que ficava no andar debaixo e fiquei conversando com ela antes de dormir.
    
    Insisti para que ela me deixasse mandar alguns nudes do meu pau e ela me ajudou a gozar apenas por mensagens.
    
    No outro dia passei o dia todo olhando para ela louco para que ela me deixasse brincar com aquele corpinho perfeito.
    
    A noite ficamos conversando na sala da casa dela e já estava bem tarde, ela disse que estava com sono e eu não queria descer ainda, insisti para que ela me deixasse fazer massagem mas ela não queria.
    
    Depois de varias vezes ela concordou em deixar,sentei atrás dela no sofá e massageei seus ombros, as vezes descendo as mãos quase perto dos seus peitos.
    
    Ela se virou para mim e me disse para ajoelhar na frente do sofá e logo abaixou seu short:
    
    -Pode me chupar e só isso- Na mesma hora eu já meti minha boca naquela bucetinha linda.
    
    Ficava cada vez mais molhada e ela ficava mexendo no celular, as vezes soltava um gemidinho ou outro.
    
    Pegou os fones de ouvido e colocou eles:
    
    -Não para não tá?- Ela disse fechando os olhos e colocando uma musica nos fones.
    
    Continuei chupando mais e mais e ela ia se contorcendo no sofá, sentia suas pernas se arrepiado até ela tirar os fones e abrir mais as pernas.
    
    Colocou as mãos no meu cabelo puxando meu rosto contra sua buceta e me fazendo esfregar meu rosto nela.
    
    Eu ficava sem ar e ela continuava sem parar até que senti ela se tremendo toda, dizia que estava quase gozando e me mandando nao parar.
    
    Começou a ter um orgasmo intenso e a se molhar muito, deixando meu rosto todo molhado, quando ela soltou meu rosto dei mais uma lambida em sua bucetinha e ela colocou o pé no meu rosto empurrando ele contra a parede.
    
    Se deitou no sofá respirando fundo e eu pedi que ela me deixasse gozar nela.
    
    Ela olhou minha bermuda com um volume enorme e riu dizendo que não.
    
    Pedi mais e mais insistindo até que ela deixou:
    
    -Pode gozar nos meus pés se for rápido vai.
    
    Ela se deitou de bumbum para cima e os pés na ponta do sofá, tirei meu pau para fora da bermuda e comecei a bater uma bem gostosa, coloquei meu pau entre eles é perguntei de poderia usar eles pra ajudar, ela disse que podia e começei a meter devagar entre seus pezinhos.
    
    Ela se arrumou para dormir ali no sofá mesmo ainda de bruços e eu senti que ia gozar, dei uns beijinhos neles e começei a soltar tudo em cima deles:
    
    -Pega papel pra limpar eles agora- Ela disse e eu fui, limpei eles todinhos e fui limpar meu pau quando ela me mandou sair.
    
    Não tive nem tempo de levantar a bermuda e ela trancou a porta da sala, desci para a casa debaixo e corri para o banheiro.
    
    Espero que tenham gostado.
    
    Mulheres que tenham interesse em ...
«12»