1. Como foi facil comer minha irmã! 2 (Segunda vez)


    Encontro: 14/08/2019, Categorias: morena, gostosa, irmão e irmã, Incesto Sexo, Heterossexual Autor: João, Fonte: CasadosContos

    E ai, pessoal, contei para voces como que de maneira imprevisivel acabei comendo a minha irmã Fabiana, e venho trazer agora o nosso segundo acontecimento, que rolou no mes passado, 3 anos depois da primeira vez. Sem mais delongas, vamos aos fatos.
    
    Eh bem comum em feriados prolongados, a minha familia se reunir para viajar para a casa de minha vo. A gente sempre marca de ir no nosso sitio, onde curtimos o feriado bem ao estilo familia mesmo, era praticamente uma tradição. Porem o que vou relatar aqui, ocorreu nos ultimos dias de feriado, e mais uma vez, parece que o destino faz seu joguinho para que as coisas rolem. Eu não via Fabi a algum tempo, um ano depois do nosso caso, ela foi para uma outra cidade morar com uma amiga, e vinha poucas vezes ao ano nos visitar em casa, acho que isso explica um pouco, porque demorou tanto para que rolasse algo entre a gente de novo. Eu e o pessoal la de casa, chegamos de viagem com algumas horas de antecedencia em relação a Fabi na casa de minha vo, ja que ela viria por outra cidade, estavamos ate meio ansiosos para reve-la, ja fazia alguns meses desde a ultima vez que a vimos. 3 anos depois, ela parece finalmente estar mais madura e com mais juizo na cabeça, o que deixou pra tras aqueles anos de intensas discussões entre ela e meus pais. Pois bem, ao chegar, fomos recepciona-la, e eu falei com ela normalmente, em alguns momentos eu chegava a duvidar que um dia eu ja tinha feito sexo com ela, a nossa relação parecia tão igual como sempre foi que as vezes eu ficava me perguntando se aquele acontecimento não tinha sido um sonho. Pois bem, Fabi continua incrivel, corpo lindo como sempre e agora com o cabelo um pouco maior, o que pra mim, deixa ela ainda mais charmosa. Mas pelo fato de nunca mais ter rolado absolutamente nada entre a gente, e de ela sempre agir naturalmente ao interagir comigo, me fez acreditar que aquilo tinha morrido e acabou, era hora de eu parar de ficar alimentando minhas intenções de te-la de novo, e de simplesmente colocar uma pedra naquele assunto. Nesse dia, ficamos na casa de minha vo mesmo, ela fez toda uma preparação para a nossa chegada, fez um belo jantar, ficamos o dia todo em casa conversando, comendo, e ate bebendo, tudo aconteceu normalmente como de costume. No dia seguinte, fomos para o sitio, ia ter churrasco, e isso era quase que uma tradição tambem. Fizemos essa rotina basicamente todos os dias do feriado, mas ir para o sitio todo o dia tambem cansa, e eu tava ja saturado daquilo, e pelo visto, Fabi tambem, e eh ai que entra o papel do destino, mais uma vez, para cruzar o nossos caminhos, quando faltava apenas dois dias para irmos embora, eu resolvi que não iria mais para o sitio. E que otima noticia, Fabi tambem pretendia fazer o mesmo, era muito mais interessante para a gente ficar em casa no celular, usando a internet, do que viajar por uma estrada de lama para ficar no sitio o dia todo. Nossos pais reclamaram um pouco, mas não tinhamos mais idade para ser controlados ...
«1234...8»