1. Primeira vez com minha neguina


    Encontro: 14/08/2019, Categorias: Amigos Primeira Vez / Adolescentes sexo entre Amigos, Heterossexual Autor: Grandes Contos, Fonte: CasadosContos

    Faz alguns messes que eu conheci uma garota muito linda, chamo ela carinhosamente de minha neguinha. Desde a primeira vez que eu vi ela, eu achava ela uma garota muito gostosa, mas nunca achei que eu ia conseguir ter algo com ela. Depois de um tempo que a gente estava conversando nós começamos a termos conversas mais apimentadas, até que em um dia eu consegui finalmente dar alguns beijos nela. Mas a história que eu quero contar é outra. Durante as férias nós não nos vimos dia nenhum, e uma manhã eu estava passando perto da rua aonde ela mora, por coincidência eu me lembrei que ela tinha dito no dia anterior que a mãe dela não estaria em casa nesse dia. Então resolvi que iria na casa dela, chamo pelo nome dela 2 vezes na porta dela até que ela aparece, vestida com roupa de dormir ainda e me chama para entrar pois não tinha ninguém em casa. Quando eu me sento no sofá dela e olho para aquela mulher linda que estava na minha frente, me lembro o motivo de eu a desejar tanto; Ela uma garota baixa, dos olhos pequenos que dão um olhar sedutor, com um lindo cabelo preto como a noite, peitos pequenos que caberiam facilmente na boca e uma bunda grande e redonda maravilhosa. Aquele shortinho de dormir dela deixava bem amostra aquelas lindas coxas que ela tem. Conversamos por um tempo e eu pedi um beijo a ela, para relembrar daquele dia que tivemos, ela aceitou e nós tivemos um maravilhoso beijo novamente. Mas como a cidade que estamos faz bastante calor e ela tinha acordado a pouco tempo, ela disse que iria tomar um banho, Foi então que em um momento de descontração eu disse a ela que adoraria tomar banho com uma negra gostosa como ela, mas ela levou a sério e disse que eu poderia ir. Mesmo tenho sido só uma brincadeira eu aceitei a proposta dela e fui para o banho com ela, ao entrarmos no banheiro e eu ver aquela morena tirando a roupa de costas na minha frente tive que me segurar ao máximo para não ficar com o pau duro em frente a ela. Depois de alguns minutos no banho vendo ela passando sabão em sua pele negra e olhando a água que levava a espuma por entre a abertura que os dois grandes glúteos dela tem, já não aguentava mais segurar minha ereção e pedi outro beijo para que eu tivesse uma desculpa para deixar meu pau duro. Imediatamente eu sinto meu pênis endurecer e encostar no pé da barriga dela, ela dá uma risadinha e me chama de safadinho passando a mão por cima do meu pau enquanto eu dou um sorriso de volta para ela, ela novamente pega o sabonete e faz jeito para o sabonete cair no chão e para pegar do chão ela empina a bunda em minha direção, mas naquele momento eu não aguentei. Puxei ela pelo quadril, e coloquei meu pai na buceta dela todo de uma vez só, com essa metida ela dá um gemido alto onde eu me assusto e paro, ela me pergunta se pediu que eu parasse. Então eu começo a meter nela rápido enquanto ela está empinada, mas aquele banheiro não era o melhor lugar para nós fazermos sexo, então eu paro, pego ela no colo e levo ela nua e molhada até a ...
«12»